Visitas ao blogue

Comentários temporariamente encerrados

Os comentários deste blogue estarão encerrados nas próximas 2 semanas, dado estar a ser submetido a um verdadeiro ataque de 'spams' em posts antigos, que já provocaram sérios problemas ao blogue e trouxeram vírus indesejados.

Exemplo dos milhares de 'spams' que entraram no Cova do Urso:

«wonderful issues altogether, you simply received a brand new reader. What might you recommend in regards to your post that you just made a few days ago? Any certain?

Here is my homepage - [segue-se o endereço do site deles]»



.

Feliz Páscoa

15 de Abril de 2014 ·



.

8° Bookcrossing blogueiro de 16 a 23 de abril de 2014

13 de Abril de 2014 · 0 comentários

Você já pensou em "Libertar" um livro da clausura da estante? O BookCrossing Blogueiro foi inspirado no BookCrossing - um movimento que acontece fora do mundo virtual – e nada mais é do que o ato de “libertar” um livro com a finalidade de difundir o hábito da leitura. E nós que adoramos ler, sabemos que um livro fechado na estante tem o mesmo valor de páginas em branco. Para valer, ele precisa ser usado e apreciado! Vamos compartilhar esse livro que você já leu e que não pretende reler?

Clique aqui para saber mais no blogue da Lua, o «Luz de Luma, Yes Party»

Evento no Facebook.

Os banners que pode usar nos seus posts, caros colegas bloguistas. Aqui.

Alguns dos banners criados pelo «Luz de Luma, Yes Party» para ajudar a divulgar:


E muitos mais. Ver aqui.



.

Eclipse lunar total de 15 abril 2014

·

Clicar para aumentar e poder ver melhor



«Astrologando» - Eclipse lunar de 15 abril 2014

Como muitos leitores já sabem, não sou muito dado a escrever sobre eclipses, exceto se algum me chamar muito à atenção, como é o caso deste eclipse lunar de abril 2014, por ser total, por ser o primeiro deste ano e por ser um eclipse lunar muito afortunado, devido às estrelas fixas que estão conjuntas à Lua: Spica e Arcturus, como podem ver pela ilustração que anexo. Também porque coincidem em 2 signos [Áries/Carneiro e Libra/Balança] que fazem parte da Grande Cruz Cardinal que se concretizará uns dias depois, a 23 de abril.

Além disso, há gente muito capaz a escrever sobre eclipses, por isso penso que não vale muito a pena, da minha parte, consumir muito tempo a escrever sobre eclipses, quando outros o fazem com maestria e brilhantismo.

Um eclipse lunar é um fenómeno celeste que ocorre quando a Lua penetra, totalmente ou parcialmente, no cone de sombra projetado pela Terra, em geral, sendo visível a olho nu . Isto ocorre sempre que o Sol, a Terra e a Lua se encontram próximos ou em perfeito alinhamento, estando a Terra no meio destes outros dois corpos. Como sabem, ao contrário do lunar, um eclipse solar é quando se dá um fenómeno de alinhamentos que ocorre quando a Lua se interpõe entre a Terra e o Sol, ocultando completamente a sua luz numa estreita faixa terrestre.

Um eclipse lunar é quando o Sol e a Lua estão em oposição. É o caso deste eclipse, que irá acontecer com o Sol em Carneiro / Áries e a Lua no signo oposto, Balança / Libra, ambos no grau 25º 16’ [a chamada Lua Cheia]. Esta oposição dar-se-á às 08h42 TMG [Lisboa, Londres…] [ainda não me habituei a usar esta nova expressão que bem substituir o TMG: WEST - Western European Summer Time], portanto em cada país, deve ser feita a contagem dos fusos horários, além dos respetivos horários de Verão. Por exemplo, no Brasil, será 4 horas menos.

Recomendo que sobretudo os brasileiros leiam o excelente blogue da astróloga brasileira Lúcia de Belo Horizonte, «Astrologia na Era de Aquário», sobre este tema, aqui: http://astrologiaeradeaquario.blogspot.pt/2014/04/eclipse-lunar-total-em-15-de-abril-2014.html

Mas na verdade, o eclipse em si, como fenómenos celeste começa mais cedo. E vou falar apenas de Portugal: às 5h55, sendo ainda noite, mas em fase de amanhecer, a sombra da Terra inicia o seu toque à face da Lua. Às 6h57, portanto já de dia, com o Sol ainda aperto da linha do horizonte, dá-se o fenómeno completo do eclipse lunar, em que veremos com muita dificuldade e quem viva no meio das montanhas, terá imensa dificuldade em ver este eclipse. Os amigos brasileiros e de outros países terão que investigar na internet.

Como tudo se vai desenrolar a essa hora e praticamente ao nível do horizonte, a visibilidade será praticamente nula para a maioria da população portuguesa. O eclipse em si, termina às 9h23, onde a maior parte do fenómeno ocorrerá abaixo da linha do horizonte. Em termos meramente astrológicos, a oposição exata [partil] entre o Sol e a Lua [a chamada Lua Cheia], portanto, o eclipse em si, será às 8h47, atendendo à nossa atual hora de Verão.

Bom, deixemos os factos astronómicos e passemos ao acontecimento astrológico.

Como pode ser visto no pormenor da figura que anexo, a Lua, no grau 25º 16’ estará em conjunção com as estrelas fixas SPICA [24º03’] e ARCTURUS [24º26’]. Estas conjunções com as estrelas fixas têm que ter uma orbe máxima de 1º apenas. Aspetos separativos superiores a 1º, como tenho lido ao longo dos anos, é pura fantasia, como se fosse um dos enredos de uma escola de samba a desfilar no sambódromo. Mesmo assim, se fizermos bem as continhas, a estrela fixa ARCTURUS apresenta uma orbe separativa de apenas 0º50’. Fantástico, mesmo em cheio. Quanto à SPICA, temos que reconhecer que a orbe separativa é de 1º13’. Portanto, já nem deveria ser considerada para estes efeitos de análise. Como na verdade estamos a falar de um pequeno afastamento, vou fazer a grande «batota» muito comum, de só olhar para os graus, o que no caso da SPICA, ficaríamos assim: Lua no grau 25 e a estrela fixa Spica no grau 24. Ou seja, ficamos todos bem e na paz dos anjos. Mas repito: é uma batota muito comum.



Porque afirmei mais acima que era um eclipse afortunado? Vejamos a interpretação das estrelas fixas e assim poderá tirar as suas conclusões:

ARCTURUS - Significação: As honras. A glória. A sorte. A fortuna. O êxito social. A prosperidade. As viagens. Procura da glória. Risco de problemas e de processos ligados ao êxito social. Ambição. O nativo que tiver esta estrela no seu zodíaco de nascimento obterá provavelmente um grande êxito social, sobretudo quando os aspetos recebidos por esta estrela forem positivos e a percentagem de atualização for importante. É certo que quando o conjunto do zodíaco é negativo, a possibilidade de beneficiar das vantagens desta estrela é diminuída, ainda mais quando os aspetos negativos são importantes. Há possibilidades muito grandes de que o destino só conceda uma parte das vantagens que esta estrela dá à pessoa. Fonte: ‘Escola de Astrologia Nova-Lis’, aqui: http://nova-lis.com/index.php?option=com_content&view=article&id=285:nome-arcturus&catid=37:estrelas-fixas&Itemid=115

SPICA ou Spsiculum - Significação: Grande vivacidade e agilidade no sentido alargado da palavra. Desejo de glória. Natureza combativa, perseverante e vigorosa. Grandes riscos de problemas nos olhos que podem causar cegueira. Paixões exacerbadas. Esta estrela predispõe a pessoa a poder ter problemas psicológicos. A pessoa que tiver esta estrela no seu zodíaco de nascimento poderá obter muito provavelmente um êxito social interessante, sobretudo se tiver uma carta do céu positiva e avançar no sentido favorável da estrela. Fonte: ‘Escola de Astrologia Nova-Lis’, aqui: http://nova-lis.com/index.php?option=com_content&view=article&id=367:nome-spiculum&catid=37:estrelas-fixas&Itemid=115

A fim de se poder avaliar o impacto deste eclipse as respetivas estrelas fixas no destino individual de cada um, deve-se ter em conta a Casa onde eles estão, os seus aspetos com as outras estrelas fixas e os planetas significadores do zodíaco.

Gosto de usar esta frase da astróloga brasileira Lúcia de Belo Horizonte: «Longe de serem nefastos, geralmente os eclipses indicam uma movimentação em nossa vida, que pode acontecer através de novos caminhos que escolhemos, de boas oportunidades que surgem e nos levam a mudanças ou de mudanças que nos forçam a sair da comodidade. Acontecimentos inesperados podem nos despertar para novos projetos e tem todo potencial e força para se realizar em pouco tempo. Também podemos mudar nossas ideias, inverter nossa rota de vida e buscar novas alternativas para melhorar nossa vida ou tornar nosso trabalho mais produtivo.»

Com um eclipse tão favorecido, como expliquei anteriormente, minhas amigas e meus amigos, deixem de se torturarem com pensamentos pessimistas e introduzam alegria no vosso viver. Se assim fizerem contem com a influência muito positiva nos 3 meses seguintes à sua ocorrência.

Passem muito bem.
Beijos & abraços
António Rosa
13 abril 2014

.

Memórias da Ilha de Moçambique

·


MEMÓRIAS DA ILHA DE MOÇAMBIQUE - Li num comentário feito num grupo, pelo amigo Pedro Amado [ http://www.facebook.com/CASADEMARLAES ], em que ele afirmou o seguinte:

«Quantas saudades do nascer e por do sol na Ilha. Nascia no Mar e punha-se em terra ao contrário deste nosso continente.»

A verdade é que sinto muita falta desse nascer e por do sol numa pequena ilha no Índico. Magia pura. É uma sensação que só senti parecido em certas partes da Argentina. Aqui em Portugal, o Sol nasce em terra e põe-se no mar. Por isso gosto muito de apreciar o por do sol na Ericeira: é o Sol a ir-se lá longe, no horizonte do mar.

Mas na minha ilha era muito melhor.

Na ilustração abaixo fiz uma pequena montagem fotográfica, com 3 fotos de outras pessoas, em que na foto maior vemos o por do sol do lado do continente [terra]. Na foto mais pequena, no canto inferior esquerdo, vê-se a ilha na sua totalidade [3 kms por 600 mts], onde o lado continental, o do por do sol é à direita da foto, e o lindíssimo nascer do sol, do lado do mar, é no lado esquerdo. No canto superior direito vemos outra pequena foto com o nascer do sol, no mar, na ilha de Moçambique.

Obrigado,  Pedro, por me trazeres essas recordações. Obrigado,  Carlos e Victor, pelas vossas fotos, que me permitiram explicar melhor aos meus amigos e leitores essa sensação especial que era estarmos na nossa ilha.

Fotos: A foto grande é do amigo sr. Victor Rodrigues [ http://www.facebook.com/victorfernando.gomesrodrigues ] e a foto pequena no canto superior direito é do amigo sr. Carlos Cruz [ http://www.facebook.com/carlos.cruz.7161 ]. A foto de toda a ilha é muito antiga [anos 50 ou 60] e não sei quem é o seu autor.

Feliz 6º aniversário ao 'Navegante do Infinito' e à minha amiga Astrid Annabelle [Ma Jivan Prabhuta]

· 0 comentários


Conheça o blogue
«Navegante do Infinito»

O «Navegante do Infinito» nasceu no Brasil, em Ubatuba, no dia 13 abril 2008, às 21h08, com apenas uma lindíssima ilustração. A sua autora é a minha amiga Astrid Annabelle, mais conhecida por Ma Jivan Prabhuta e é a minha amiga mais antiga na internet. Hoje em dia, porque a Astrid Annabelle já esteve em Portugal, entretanto, a nossa amizade deixou de ser apenas virtual e passámos à condição de amigos desde longos 'eons' de anos terrestres, pois temos estado juntos em muitas e muitas vidas extra-terrestres. Sim, leu bem, viemos de muito longe e para lá regressaremos...

Desde que o
«Navegante do Infinito» nasceu, o meu «Cova do Urso», que é apenas 5 meses mais velhinho nesta reencarnação bloguística [porque ambos tivémos outras, anteriores a esta] houve o reconhecimento imediato que estava perante a sua «Alma mater». Esta é uma expressão em latim [veja como somos Antigos!!!] que pode ser traduzida como «a mãe que alimenta ou nutre».

O termo «Alma mater» era usado na Roma Antiga como um título para a deusa mãe e, durante o cristianismo medieval para aludir à Virgem Maria. Nos tempos modernos, o termo é utilizado para referir-se às universidades, realçando a função da instituição como fornecedora alimentar para a faculdade intelectual. O
«Navegante do Infinito» é, sem dúvida, a minha [e a de muitos] «universidade espiritual».

«Alma mater» é igualmente uma expressão empregada muitas vezes pelos poetas latinos para designar a «pátria». O
«Navegante do Infinito» é a minha pátria linguística, vivencial, emocional e espiritual, em que eu, o meu Ser multidimensional e o meu blogue nos revemos. Viémos a este planeta produzir tarefas uníssonas e equivalente. Ambos ensinamos, cada um aquilo que melhor sabe.

«Navegante do Infinito»

A Astrid Annabelle, em Portugal, em 2011, na sua conferência na Ericeira, no centro «Cristal de Cura», de Luísa Sal.
 Uma tarde muito especial, em que se construiram amizades com a Astrid Annabelle,
que julgo saber, ainda perduram.

A Astrid Annabelle, no dia 24 Maio 2011, numa pastelaria mesmo em em frente à minha antiga casa, em Queluz, Portugal, na companhia da amiga comum, a Maria Paula Ribeiro.

Quer conhecer a Ma Jivan Prabhuta [Astrid Annabelle] um bocadinho melhor?
Leia esta entrevista colectiva, de 16/12/2010, aqui. 


Poucos minutos depois do Navegante do Infinito ter nascido, a Astrid Annabelle criou o post nº2 com este lindíssimo texto:

«Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe:
"Que tamanho tem o universo?"
Acariciando a cabeça da criança, ele olhou para o infinito e respondeu:
 "O universo tem o tamanho do seu mundo."
Perturbada, ela novamente indagou: "Que tamanho tem o meu mundo?"
O pensador respondeu: "Tem o tamanho dos seus sonhos.»
(“Nunca desista de seus sonhos” Aut: Augusto Cury)

«Essa introdução convida você a refletir sobre a vida...sobre a imaginação...sobre sonhos...sobre fantasias.
Qual é o propósito da sua vida?
Você tem consciência ao usar sua imaginação?
Que sonhos você acalenta?
Quais são suas fantasias?
Está criado o roteiro de uma viagem ao secreto do seu ser.»



Comentários encerrados neste post,
para quem quiser felicitar a
Astrid Annabelle, o faça no seu blogue
 «Navegante do Infinito»
ou no seu Facebook

Outros blogues de sua autoria:

Ma Jivan Prabhuta

Apenas Arte e Beleza em momentos Zen


Em aniversários anteriores foi assim:

Em 2013
Em 2012
Em 2011
Em 2010
Em 2009
2008 foi o ano em que nasceu.




.

.
.

Faz-me imensa confusão o que por aí vai sobre a «Lua Sangrenta» ou «Lua Vermelha» no próximo eclipse lunar, dia14 para 15 abril 2014

12 de Abril de 2014 ·


Faz-me imensa confusão o que por aí vai, em vários idiomas, sobre a «Blood Moon Tetrad», ou «Lua Sangrenta» ou «Lua Vermelha» que, segundo parece é uma profecia antiga e conseguiram transformar um assunto da astronomia comum, em algo esotérico. Por outro lado, os astrónomos fazem o que melhor sabem fazer: explicam cientificamente estes fenómenos cósmicos.

Estou mesmo desactualizado. Não sabia nada disto, pelo menos nos termos esotéricos que tenho estado a ler, onde chegam a afirmar que é um «sinal de Deus». Como se o cosmos fosse uma coisa indiferente à divindade, que parece precisar de momentos específicos para se fazer sentir. Grande maluqueira que por aí vai. Toda a vida ouvi falar deste assunto, sobretudo por parte dos mais velhos, mas desconhecia esta visão catastrofista que lhe estão a atribuir e, como coincide com a presença por perto do planeta Marte, a 'coisa' fica aparentemente assustadora. Isto de dizer que Marte está por perto, nada tem que ver com as ilustrações que vemos por aí, em que o planeta vizinho está gigante no horizonte, ao ponto de parecer que vai tocar na Terra ou na Lua. Na verdade, não passa de um pontinho luminoso no céu, um pouco mais visível e avermelhado do que é habitual.

Segundo parece, no próximo eclipse de Lua Nova do dia 14 para o dia 15 de abril, a Lua Cheia terá um atrativo especial: o eclipse total deixará a Lua vermelha por 78 minutos. O fenómeno é chamado de «Lua Vermelha» ou «Lua Sangrenta».

Sinceramente, em termos astrológicos isto não me diz nada, absolutamente nada e até me parece algo obscurantista, pelo menos, aquilo que tenho lido. Cada maluco com a sua sentença.

Segundo um blogue em língua inglesa, o 'Astrodynamics', o assunto parece estar associado a profecias bíblicas, do Antigo Testamento, concretamente o Livro de Joel [a última vez que li isto foi nos anos 60 e entretanto já nem sei do que trata esse tal livro, mas a ideia que eu tenho é que todo o Antigo Testamento é uma manancial de histórias terríveis e sangrentas.]. Veja essa informação aqui. Haverá sempre quem associe estes acontecimentos astrofísicos, a outra ordem de interpretações mais místicas ou esotérica. Não é o meu caso, aviso já. Mas eu não sou detentor de nenhuma verdade especial.

A razão científica de tal acontecimento: No dia 15 de abril, quando a Lua entrar na sombra completa da Terra, o planeta vai espalhar a luz vermelha do Sol, que resultará na cor vermelha da Lua. Segundo o astrónomo brasileiro Jair Barroso, a constituição da atmosfera da Terra, como partículas vulcânicas podem dar uma cor ainda mais avermelhada, do que aquela que é emanada do Sol.

De acordo com a NASA, o evento será visível na América do Sul e do Norte. O fenÓmeno também poderá ser acompanhado parcialmente por observadores do Pacífico ocidental, e partes da Europa e da África. No Norte da Europa, na África Oriental, no Oriente Médio e na Ásia Central não será possível ver o eclipse.

No Brasil, o eclipse total poderá ser visto daS 4h46 às 5h24 (horário de Brasília), ou seja, 4 horas mais tarde em Portugal, mas a visibilidade não será tão nítida. Os estados brasileiros Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte terão dificuldade de ver todo o fenómeno, à semelhança do que acontecerá em Portugal.

A visibilidade ideal é na Ilha de Galápagos, no Oceano Pacífico, ou territórios vizinhos.


.

A Lua ingressa em Virgem, esta noite [10 abril 2014], às 23h07 TMG [4 horas menos no Brasil]

10 de Abril de 2014 ·

A minha querida ilha de Moçambique

«Astrologando» - A Lua ingressa em Virgem, esta noite [10 abril 2014], às 23h07 TMG [4 horas menos no Brasil], ficando imediatamente em processo de vazia de curso ou fora de curso, desta vez, de forma prolongada, pois só sairá deste modo 2 dias depois, no dia 12 Abril 2014, às 18h11 TMG [4 horas menos no Brasil].

Cuidem-se muito e deixo aqui uns quantos avisos, bastante simples:

- Nesta fase que dura cerca de 42 horas, não assine papéis de divórcio, pois ficará a perder nas partilhas do casamento; mesmo que já estejam realmente separados há vários meses; podem surgir rasteiras, quer no património, quer familiar.

- Não proponha ao parceiro o fim da relação, e se viverem juntos então é que não deve propor nenhuma separação, pois ficará a perder na divisão de bens.

- Não use os filhos para chantagear o parceiro ou parceira. Isso é feito e cria muito carma.

- Não receba em casa, nem pare na rua quando se deparar com os vendedores porta-a-porta. O mesmo se aplica aos 'call centers'. Sairá a perder destas abordagens.

- Não exagere no seu sentido prático. Apenas que baste, pois a «perfeição» não existe. É uma coisa demasiado divina para nós, simples mortais, aspirarmos a tal.

- Aproveite bem o tempo e faça uma grande faxina à sua casa ou escritório. Não deite fora papéis que lhe poderão fazer falta mais tarde.

- Não inicie nenhuma dieta nesta fase de Lua vazia de curso.

- Cuide muito da sua saúde e a dos seus animais de estimação. Se viver na região de Lisboa posso dar-lhe o contacto de um veterinário holístico: usa o reiki, medicina oriental, acumpuntura, medicina veterinária ocidental. Vai notar a diferença nos seus animais.

- Seja discreta ou discreto. Evite chamar a atenção, pois isso ainda ssão restos da Lua em Leão.

Deixo o resto por vossa conta. Pode ser? 

.

Ushuaia nas várias estações do ano

· 6 comentários



















.

Nova casa para o meu blogue 'Cova do Urso'

8 de Abril de 2014 · 8 comentários


MEU BLOGUE 'COVA DO URSO' - Espero que vos agrade a nova cara deste meu blogue. Com o 'template' anterior tive um grande trabalho de selecção e após a publicação, notei que não me satisfazia convenientemente: muito ruído e pouca uva. Desta vez, com este 'template', simplifiquei ao máximo os critérios de busca necessários.

Espero que vos sirva e que cumpra a sua função: «oferecer» gratuitamente a pedagogia da astrologia. Ensinar a «pensar» astrologia. Claro que é a minha visão, por isso, felizmente, existem várias escolas por onde se pode escolher como estudar.

Faltando pouco para atingir os 2 milhões de visitantes, (concretamente e até à data - 8-4-2014 -, vai em 1.965.623), uma secção dedicada ao estudo da astrologia para principiantes, uma outra secção dedicada à astrologia cármica, ambas subordinadas ao tema geral no menú da direita: «Estudar Astrologia».

O blogue possui à data, 1.934 posts e um total de 26.343 comentários. Obviamente, todos sabemos que agora os comentários são feitos no Facebook. A maioria das pessoas dá-se ao trabalho de lerem no blogue mas deslocam-se ao Facebook para deixarem um comentário, regra geral, com figurinhas, beijinhos, corações e sorrisos simpáticos. São os tempos mais modernos...

Nos menús do lado direito poderá encontrar uma chamada de atenção para os meus programas de aulas [cursos], social links, os posts mais populares, uma extensa lista com temas especiais no blogue, além dos menús no topo do template, e uma extensa lista de etiquetas, que vão desde os temas astrológicos até às centenas ou mesmo milhares de celebridades mencionadas no blogue.

Também possui, aquilo que é mais ternurento no meu Ser: a secção a que chamei «Anel do Coração», pois correpondeu a uma época maravilhosa da minha vida. Não foi há tantos anos assim.

Para finalizar esta lista, também há uma chamada de atenção no topo do blogue para as minhas consultas.

A todos os leitores e amigos, um enorme Bem-Haja por me visitar.

Sem a sua presença este blogue não existria, apesar de terem atentado várias vezes contra a sua existência.

MUITO OBRIGADO.

 .
.

Entrevistas à Heloísa Miranda SAPO ZEN

7 de Abril de 2014 · 0 comentários

Entrevistas à Heloísa Miranda SAPO ZEN

Entrevistas à Heloísa Miranda
Vídeos Sapo Zen


Entrevistas de Heloísa Miranda
a António Rosa

6 vídeos

13 de Abril de 2014

8° Bookcrossing blogueiro de 16 a 23 de abril de 2014

Você já pensou em "Libertar" um livro da clausura da estante? O BookCrossing Blogueiro foi inspirado no BookCrossing - um movimento que acontece fora do mundo virtual – e nada mais é do que o ato de “libertar” um livro com a finalidade de difundir o hábito da leitura. E nós que adoramos ler, sabemos que um livro fechado na estante tem o mesmo valor de páginas em branco. Para valer, ele precisa ser usado e apreciado! Vamos compartilhar esse livro que você já leu e que não pretende reler?

Clique aqui para saber mais no blogue da Lua, o «Luz de Luma, Yes Party»

Evento no Facebook.

Os banners que pode usar nos seus posts, caros colegas bloguistas. Aqui.

Alguns dos banners criados pelo «Luz de Luma, Yes Party» para ajudar a divulgar:


E muitos mais. Ver aqui.



.

Eclipse lunar total de 15 abril 2014

Clicar para aumentar e poder ver melhor



«Astrologando» - Eclipse lunar de 15 abril 2014

Como muitos leitores já sabem, não sou muito dado a escrever sobre eclipses, exceto se algum me chamar muito à atenção, como é o caso deste eclipse lunar de abril 2014, por ser total, por ser o primeiro deste ano e por ser um eclipse lunar muito afortunado, devido às estrelas fixas que estão conjuntas à Lua: Spica e Arcturus, como podem ver pela ilustração que anexo. Também porque coincidem em 2 signos [Áries/Carneiro e Libra/Balança] que fazem parte da Grande Cruz Cardinal que se concretizará uns dias depois, a 23 de abril.

Além disso, há gente muito capaz a escrever sobre eclipses, por isso penso que não vale muito a pena, da minha parte, consumir muito tempo a escrever sobre eclipses, quando outros o fazem com maestria e brilhantismo.

Um eclipse lunar é um fenómeno celeste que ocorre quando a Lua penetra, totalmente ou parcialmente, no cone de sombra projetado pela Terra, em geral, sendo visível a olho nu . Isto ocorre sempre que o Sol, a Terra e a Lua se encontram próximos ou em perfeito alinhamento, estando a Terra no meio destes outros dois corpos. Como sabem, ao contrário do lunar, um eclipse solar é quando se dá um fenómeno de alinhamentos que ocorre quando a Lua se interpõe entre a Terra e o Sol, ocultando completamente a sua luz numa estreita faixa terrestre.

Um eclipse lunar é quando o Sol e a Lua estão em oposição. É o caso deste eclipse, que irá acontecer com o Sol em Carneiro / Áries e a Lua no signo oposto, Balança / Libra, ambos no grau 25º 16’ [a chamada Lua Cheia]. Esta oposição dar-se-á às 08h42 TMG [Lisboa, Londres…] [ainda não me habituei a usar esta nova expressão que bem substituir o TMG: WEST - Western European Summer Time], portanto em cada país, deve ser feita a contagem dos fusos horários, além dos respetivos horários de Verão. Por exemplo, no Brasil, será 4 horas menos.

Recomendo que sobretudo os brasileiros leiam o excelente blogue da astróloga brasileira Lúcia de Belo Horizonte, «Astrologia na Era de Aquário», sobre este tema, aqui: http://astrologiaeradeaquario.blogspot.pt/2014/04/eclipse-lunar-total-em-15-de-abril-2014.html

Mas na verdade, o eclipse em si, como fenómenos celeste começa mais cedo. E vou falar apenas de Portugal: às 5h55, sendo ainda noite, mas em fase de amanhecer, a sombra da Terra inicia o seu toque à face da Lua. Às 6h57, portanto já de dia, com o Sol ainda aperto da linha do horizonte, dá-se o fenómeno completo do eclipse lunar, em que veremos com muita dificuldade e quem viva no meio das montanhas, terá imensa dificuldade em ver este eclipse. Os amigos brasileiros e de outros países terão que investigar na internet.

Como tudo se vai desenrolar a essa hora e praticamente ao nível do horizonte, a visibilidade será praticamente nula para a maioria da população portuguesa. O eclipse em si, termina às 9h23, onde a maior parte do fenómeno ocorrerá abaixo da linha do horizonte. Em termos meramente astrológicos, a oposição exata [partil] entre o Sol e a Lua [a chamada Lua Cheia], portanto, o eclipse em si, será às 8h47, atendendo à nossa atual hora de Verão.

Bom, deixemos os factos astronómicos e passemos ao acontecimento astrológico.

Como pode ser visto no pormenor da figura que anexo, a Lua, no grau 25º 16’ estará em conjunção com as estrelas fixas SPICA [24º03’] e ARCTURUS [24º26’]. Estas conjunções com as estrelas fixas têm que ter uma orbe máxima de 1º apenas. Aspetos separativos superiores a 1º, como tenho lido ao longo dos anos, é pura fantasia, como se fosse um dos enredos de uma escola de samba a desfilar no sambódromo. Mesmo assim, se fizermos bem as continhas, a estrela fixa ARCTURUS apresenta uma orbe separativa de apenas 0º50’. Fantástico, mesmo em cheio. Quanto à SPICA, temos que reconhecer que a orbe separativa é de 1º13’. Portanto, já nem deveria ser considerada para estes efeitos de análise. Como na verdade estamos a falar de um pequeno afastamento, vou fazer a grande «batota» muito comum, de só olhar para os graus, o que no caso da SPICA, ficaríamos assim: Lua no grau 25 e a estrela fixa Spica no grau 24. Ou seja, ficamos todos bem e na paz dos anjos. Mas repito: é uma batota muito comum.



Porque afirmei mais acima que era um eclipse afortunado? Vejamos a interpretação das estrelas fixas e assim poderá tirar as suas conclusões:

ARCTURUS - Significação: As honras. A glória. A sorte. A fortuna. O êxito social. A prosperidade. As viagens. Procura da glória. Risco de problemas e de processos ligados ao êxito social. Ambição. O nativo que tiver esta estrela no seu zodíaco de nascimento obterá provavelmente um grande êxito social, sobretudo quando os aspetos recebidos por esta estrela forem positivos e a percentagem de atualização for importante. É certo que quando o conjunto do zodíaco é negativo, a possibilidade de beneficiar das vantagens desta estrela é diminuída, ainda mais quando os aspetos negativos são importantes. Há possibilidades muito grandes de que o destino só conceda uma parte das vantagens que esta estrela dá à pessoa. Fonte: ‘Escola de Astrologia Nova-Lis’, aqui: http://nova-lis.com/index.php?option=com_content&view=article&id=285:nome-arcturus&catid=37:estrelas-fixas&Itemid=115

SPICA ou Spsiculum - Significação: Grande vivacidade e agilidade no sentido alargado da palavra. Desejo de glória. Natureza combativa, perseverante e vigorosa. Grandes riscos de problemas nos olhos que podem causar cegueira. Paixões exacerbadas. Esta estrela predispõe a pessoa a poder ter problemas psicológicos. A pessoa que tiver esta estrela no seu zodíaco de nascimento poderá obter muito provavelmente um êxito social interessante, sobretudo se tiver uma carta do céu positiva e avançar no sentido favorável da estrela. Fonte: ‘Escola de Astrologia Nova-Lis’, aqui: http://nova-lis.com/index.php?option=com_content&view=article&id=367:nome-spiculum&catid=37:estrelas-fixas&Itemid=115

A fim de se poder avaliar o impacto deste eclipse as respetivas estrelas fixas no destino individual de cada um, deve-se ter em conta a Casa onde eles estão, os seus aspetos com as outras estrelas fixas e os planetas significadores do zodíaco.

Gosto de usar esta frase da astróloga brasileira Lúcia de Belo Horizonte: «Longe de serem nefastos, geralmente os eclipses indicam uma movimentação em nossa vida, que pode acontecer através de novos caminhos que escolhemos, de boas oportunidades que surgem e nos levam a mudanças ou de mudanças que nos forçam a sair da comodidade. Acontecimentos inesperados podem nos despertar para novos projetos e tem todo potencial e força para se realizar em pouco tempo. Também podemos mudar nossas ideias, inverter nossa rota de vida e buscar novas alternativas para melhorar nossa vida ou tornar nosso trabalho mais produtivo.»

Com um eclipse tão favorecido, como expliquei anteriormente, minhas amigas e meus amigos, deixem de se torturarem com pensamentos pessimistas e introduzam alegria no vosso viver. Se assim fizerem contem com a influência muito positiva nos 3 meses seguintes à sua ocorrência.

Passem muito bem.
Beijos & abraços
António Rosa
13 abril 2014

.

Memórias da Ilha de Moçambique


MEMÓRIAS DA ILHA DE MOÇAMBIQUE - Li num comentário feito num grupo, pelo amigo Pedro Amado [ http://www.facebook.com/CASADEMARLAES ], em que ele afirmou o seguinte:

«Quantas saudades do nascer e por do sol na Ilha. Nascia no Mar e punha-se em terra ao contrário deste nosso continente.»

A verdade é que sinto muita falta desse nascer e por do sol numa pequena ilha no Índico. Magia pura. É uma sensação que só senti parecido em certas partes da Argentina. Aqui em Portugal, o Sol nasce em terra e põe-se no mar. Por isso gosto muito de apreciar o por do sol na Ericeira: é o Sol a ir-se lá longe, no horizonte do mar.

Mas na minha ilha era muito melhor.

Na ilustração abaixo fiz uma pequena montagem fotográfica, com 3 fotos de outras pessoas, em que na foto maior vemos o por do sol do lado do continente [terra]. Na foto mais pequena, no canto inferior esquerdo, vê-se a ilha na sua totalidade [3 kms por 600 mts], onde o lado continental, o do por do sol é à direita da foto, e o lindíssimo nascer do sol, do lado do mar, é no lado esquerdo. No canto superior direito vemos outra pequena foto com o nascer do sol, no mar, na ilha de Moçambique.

Obrigado,  Pedro, por me trazeres essas recordações. Obrigado,  Carlos e Victor, pelas vossas fotos, que me permitiram explicar melhor aos meus amigos e leitores essa sensação especial que era estarmos na nossa ilha.

Fotos: A foto grande é do amigo sr. Victor Rodrigues [ http://www.facebook.com/victorfernando.gomesrodrigues ] e a foto pequena no canto superior direito é do amigo sr. Carlos Cruz [ http://www.facebook.com/carlos.cruz.7161 ]. A foto de toda a ilha é muito antiga [anos 50 ou 60] e não sei quem é o seu autor.

Feliz 6º aniversário ao 'Navegante do Infinito' e à minha amiga Astrid Annabelle [Ma Jivan Prabhuta]


Conheça o blogue
«Navegante do Infinito»

O «Navegante do Infinito» nasceu no Brasil, em Ubatuba, no dia 13 abril 2008, às 21h08, com apenas uma lindíssima ilustração. A sua autora é a minha amiga Astrid Annabelle, mais conhecida por Ma Jivan Prabhuta e é a minha amiga mais antiga na internet. Hoje em dia, porque a Astrid Annabelle já esteve em Portugal, entretanto, a nossa amizade deixou de ser apenas virtual e passámos à condição de amigos desde longos 'eons' de anos terrestres, pois temos estado juntos em muitas e muitas vidas extra-terrestres. Sim, leu bem, viemos de muito longe e para lá regressaremos...

Desde que o
«Navegante do Infinito» nasceu, o meu «Cova do Urso», que é apenas 5 meses mais velhinho nesta reencarnação bloguística [porque ambos tivémos outras, anteriores a esta] houve o reconhecimento imediato que estava perante a sua «Alma mater». Esta é uma expressão em latim [veja como somos Antigos!!!] que pode ser traduzida como «a mãe que alimenta ou nutre».

O termo «Alma mater» era usado na Roma Antiga como um título para a deusa mãe e, durante o cristianismo medieval para aludir à Virgem Maria. Nos tempos modernos, o termo é utilizado para referir-se às universidades, realçando a função da instituição como fornecedora alimentar para a faculdade intelectual. O
«Navegante do Infinito» é, sem dúvida, a minha [e a de muitos] «universidade espiritual».

«Alma mater» é igualmente uma expressão empregada muitas vezes pelos poetas latinos para designar a «pátria». O
«Navegante do Infinito» é a minha pátria linguística, vivencial, emocional e espiritual, em que eu, o meu Ser multidimensional e o meu blogue nos revemos. Viémos a este planeta produzir tarefas uníssonas e equivalente. Ambos ensinamos, cada um aquilo que melhor sabe.

«Navegante do Infinito»

A Astrid Annabelle, em Portugal, em 2011, na sua conferência na Ericeira, no centro «Cristal de Cura», de Luísa Sal.
 Uma tarde muito especial, em que se construiram amizades com a Astrid Annabelle,
que julgo saber, ainda perduram.

A Astrid Annabelle, no dia 24 Maio 2011, numa pastelaria mesmo em em frente à minha antiga casa, em Queluz, Portugal, na companhia da amiga comum, a Maria Paula Ribeiro.

Quer conhecer a Ma Jivan Prabhuta [Astrid Annabelle] um bocadinho melhor?
Leia esta entrevista colectiva, de 16/12/2010, aqui. 


Poucos minutos depois do Navegante do Infinito ter nascido, a Astrid Annabelle criou o post nº2 com este lindíssimo texto:

«Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe:
"Que tamanho tem o universo?"
Acariciando a cabeça da criança, ele olhou para o infinito e respondeu:
 "O universo tem o tamanho do seu mundo."
Perturbada, ela novamente indagou: "Que tamanho tem o meu mundo?"
O pensador respondeu: "Tem o tamanho dos seus sonhos.»
(“Nunca desista de seus sonhos” Aut: Augusto Cury)

«Essa introdução convida você a refletir sobre a vida...sobre a imaginação...sobre sonhos...sobre fantasias.
Qual é o propósito da sua vida?
Você tem consciência ao usar sua imaginação?
Que sonhos você acalenta?
Quais são suas fantasias?
Está criado o roteiro de uma viagem ao secreto do seu ser.»



Comentários encerrados neste post,
para quem quiser felicitar a
Astrid Annabelle, o faça no seu blogue
 «Navegante do Infinito»
ou no seu Facebook

Outros blogues de sua autoria:

Ma Jivan Prabhuta

Apenas Arte e Beleza em momentos Zen


Em aniversários anteriores foi assim:

Em 2013
Em 2012
Em 2011
Em 2010
Em 2009
2008 foi o ano em que nasceu.




.

.
.

12 de Abril de 2014

Faz-me imensa confusão o que por aí vai sobre a «Lua Sangrenta» ou «Lua Vermelha» no próximo eclipse lunar, dia14 para 15 abril 2014


Faz-me imensa confusão o que por aí vai, em vários idiomas, sobre a «Blood Moon Tetrad», ou «Lua Sangrenta» ou «Lua Vermelha» que, segundo parece é uma profecia antiga e conseguiram transformar um assunto da astronomia comum, em algo esotérico. Por outro lado, os astrónomos fazem o que melhor sabem fazer: explicam cientificamente estes fenómenos cósmicos.

Estou mesmo desactualizado. Não sabia nada disto, pelo menos nos termos esotéricos que tenho estado a ler, onde chegam a afirmar que é um «sinal de Deus». Como se o cosmos fosse uma coisa indiferente à divindade, que parece precisar de momentos específicos para se fazer sentir. Grande maluqueira que por aí vai. Toda a vida ouvi falar deste assunto, sobretudo por parte dos mais velhos, mas desconhecia esta visão catastrofista que lhe estão a atribuir e, como coincide com a presença por perto do planeta Marte, a 'coisa' fica aparentemente assustadora. Isto de dizer que Marte está por perto, nada tem que ver com as ilustrações que vemos por aí, em que o planeta vizinho está gigante no horizonte, ao ponto de parecer que vai tocar na Terra ou na Lua. Na verdade, não passa de um pontinho luminoso no céu, um pouco mais visível e avermelhado do que é habitual.

Segundo parece, no próximo eclipse de Lua Nova do dia 14 para o dia 15 de abril, a Lua Cheia terá um atrativo especial: o eclipse total deixará a Lua vermelha por 78 minutos. O fenómeno é chamado de «Lua Vermelha» ou «Lua Sangrenta».

Sinceramente, em termos astrológicos isto não me diz nada, absolutamente nada e até me parece algo obscurantista, pelo menos, aquilo que tenho lido. Cada maluco com a sua sentença.

Segundo um blogue em língua inglesa, o 'Astrodynamics', o assunto parece estar associado a profecias bíblicas, do Antigo Testamento, concretamente o Livro de Joel [a última vez que li isto foi nos anos 60 e entretanto já nem sei do que trata esse tal livro, mas a ideia que eu tenho é que todo o Antigo Testamento é uma manancial de histórias terríveis e sangrentas.]. Veja essa informação aqui. Haverá sempre quem associe estes acontecimentos astrofísicos, a outra ordem de interpretações mais místicas ou esotérica. Não é o meu caso, aviso já. Mas eu não sou detentor de nenhuma verdade especial.

A razão científica de tal acontecimento: No dia 15 de abril, quando a Lua entrar na sombra completa da Terra, o planeta vai espalhar a luz vermelha do Sol, que resultará na cor vermelha da Lua. Segundo o astrónomo brasileiro Jair Barroso, a constituição da atmosfera da Terra, como partículas vulcânicas podem dar uma cor ainda mais avermelhada, do que aquela que é emanada do Sol.

De acordo com a NASA, o evento será visível na América do Sul e do Norte. O fenÓmeno também poderá ser acompanhado parcialmente por observadores do Pacífico ocidental, e partes da Europa e da África. No Norte da Europa, na África Oriental, no Oriente Médio e na Ásia Central não será possível ver o eclipse.

No Brasil, o eclipse total poderá ser visto daS 4h46 às 5h24 (horário de Brasília), ou seja, 4 horas mais tarde em Portugal, mas a visibilidade não será tão nítida. Os estados brasileiros Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte terão dificuldade de ver todo o fenómeno, à semelhança do que acontecerá em Portugal.

A visibilidade ideal é na Ilha de Galápagos, no Oceano Pacífico, ou territórios vizinhos.


.

10 de Abril de 2014

A Lua ingressa em Virgem, esta noite [10 abril 2014], às 23h07 TMG [4 horas menos no Brasil]

A minha querida ilha de Moçambique

«Astrologando» - A Lua ingressa em Virgem, esta noite [10 abril 2014], às 23h07 TMG [4 horas menos no Brasil], ficando imediatamente em processo de vazia de curso ou fora de curso, desta vez, de forma prolongada, pois só sairá deste modo 2 dias depois, no dia 12 Abril 2014, às 18h11 TMG [4 horas menos no Brasil].

Cuidem-se muito e deixo aqui uns quantos avisos, bastante simples:

- Nesta fase que dura cerca de 42 horas, não assine papéis de divórcio, pois ficará a perder nas partilhas do casamento; mesmo que já estejam realmente separados há vários meses; podem surgir rasteiras, quer no património, quer familiar.

- Não proponha ao parceiro o fim da relação, e se viverem juntos então é que não deve propor nenhuma separação, pois ficará a perder na divisão de bens.

- Não use os filhos para chantagear o parceiro ou parceira. Isso é feito e cria muito carma.

- Não receba em casa, nem pare na rua quando se deparar com os vendedores porta-a-porta. O mesmo se aplica aos 'call centers'. Sairá a perder destas abordagens.

- Não exagere no seu sentido prático. Apenas que baste, pois a «perfeição» não existe. É uma coisa demasiado divina para nós, simples mortais, aspirarmos a tal.

- Aproveite bem o tempo e faça uma grande faxina à sua casa ou escritório. Não deite fora papéis que lhe poderão fazer falta mais tarde.

- Não inicie nenhuma dieta nesta fase de Lua vazia de curso.

- Cuide muito da sua saúde e a dos seus animais de estimação. Se viver na região de Lisboa posso dar-lhe o contacto de um veterinário holístico: usa o reiki, medicina oriental, acumpuntura, medicina veterinária ocidental. Vai notar a diferença nos seus animais.

- Seja discreta ou discreto. Evite chamar a atenção, pois isso ainda ssão restos da Lua em Leão.

Deixo o resto por vossa conta. Pode ser? 

.

Ushuaia nas várias estações do ano



















.

8 de Abril de 2014

Nova casa para o meu blogue 'Cova do Urso'


MEU BLOGUE 'COVA DO URSO' - Espero que vos agrade a nova cara deste meu blogue. Com o 'template' anterior tive um grande trabalho de selecção e após a publicação, notei que não me satisfazia convenientemente: muito ruído e pouca uva. Desta vez, com este 'template', simplifiquei ao máximo os critérios de busca necessários.

Espero que vos sirva e que cumpra a sua função: «oferecer» gratuitamente a pedagogia da astrologia. Ensinar a «pensar» astrologia. Claro que é a minha visão, por isso, felizmente, existem várias escolas por onde se pode escolher como estudar.

Faltando pouco para atingir os 2 milhões de visitantes, (concretamente e até à data - 8-4-2014 -, vai em 1.965.623), uma secção dedicada ao estudo da astrologia para principiantes, uma outra secção dedicada à astrologia cármica, ambas subordinadas ao tema geral no menú da direita: «Estudar Astrologia».

O blogue possui à data, 1.934 posts e um total de 26.343 comentários. Obviamente, todos sabemos que agora os comentários são feitos no Facebook. A maioria das pessoas dá-se ao trabalho de lerem no blogue mas deslocam-se ao Facebook para deixarem um comentário, regra geral, com figurinhas, beijinhos, corações e sorrisos simpáticos. São os tempos mais modernos...

Nos menús do lado direito poderá encontrar uma chamada de atenção para os meus programas de aulas [cursos], social links, os posts mais populares, uma extensa lista com temas especiais no blogue, além dos menús no topo do template, e uma extensa lista de etiquetas, que vão desde os temas astrológicos até às centenas ou mesmo milhares de celebridades mencionadas no blogue.

Também possui, aquilo que é mais ternurento no meu Ser: a secção a que chamei «Anel do Coração», pois correpondeu a uma época maravilhosa da minha vida. Não foi há tantos anos assim.

Para finalizar esta lista, também há uma chamada de atenção no topo do blogue para as minhas consultas.

A todos os leitores e amigos, um enorme Bem-Haja por me visitar.

Sem a sua presença este blogue não existria, apesar de terem atentado várias vezes contra a sua existência.

MUITO OBRIGADO.

 .
.
 photo cabeccedilalhodobloguered-red_zps4498de51.jpg
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Estamos no Facebook




.

Estamos no Google+

Google+ Badge

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Social links

Pintarest

YouTube

 photo LinkedIn_zpsd3c6c8c6.png

Me Adiciona

tracker

Prezi 1 photo prezi_vertical_zps6cf09404.png

PageRank

Este blog possui atualmente:
Comentários em Posts!
Muito obrigado

ASPAS

Aspas reduzido 3
Clique no logótipo para
aceder ao site.
Clique aqui para ir ao blogue.

SAPO ASTRAL

Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Beloved bloggers

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogues

Slow Blog

Clique aqui para saber o que é o «Slow Blog», apresentado por Luma Moraes, no seu excelente blogue «Luz de Luma, Yes Party». O 'Cova do Urso' está a entrar neste processo de abrandamento de postagens.

Subscrever por aqui

Pode clicar neste contador azul, para subscrever os nossos posts.

Slideshow

Loading...

Extremetracking

eXTReMe Tracker

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Seguidores

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!


O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.


1º post do blogue, clicar aqui.


 photo Cova-do-Urso_zpsf37879f4.jpg

Slides da ilha de Moçambique

covadourso's Ilha de Mocambique album on Photobucket

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Tecnologia do Blogger.

Mapa natal do Cova do Urso

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post, clicar aqui.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2013
 
Blogger Templates