Astrologicamente

27 de Setembro de 2014 · 0 comentários



Astróloga, graduada no prestigiado Master's Course for Professional Astrologers de Noel Tyl, utiliza a Astrologia como ferramenta ao serviço do homem. Nomeadamente nas áreas Comportamental e Vocacional. O horóscopo, como um fantástico espelho reflector das ansiedades visíveis e invisíveis. Um mapa indicativo de potencialidades individuais, o conhecimento destas torna possível uma escolha mais consciente.

VALE A PENA LER ESTE FANTÁSTICO ARTIGO.

AQUI:


http://anaastrologicamente.blogspot.pt/2014/09/no-presente.html


.

Preto, amigo e companheiro, parabéns pelos teus 18 anos.

26 de Setembro de 2014 · 0 comentários



Parabéns, Preto, meu amigo e companheiro, que cumpre hoje 18 anos, uma idade avançada para os gatos.
Chegámos a ser uma matilha de 5, com mais um cão e outros 2 gatos, o Preto e eu, mas a vida reduziu-nos a apenas nós os dois.
Apesar dos seus 18 anos [126 na idade humana], movimenta-se muito bem, alimenta-se, tem os seus longos momentos de estar ao Sol, tem que estar nos meus braços, aconchegado, sentados num cadeirão em que falamos um bocado e que a certa altura há um pequeno ritual, pois digo-lhe e ele fica muito feliz porque faz muitos ron-rons:«Preto, amo-te muito, muito, muito e... tu a mim, também. Muito obrigado.»
Há vários anos que sei que ele seria o penúltimo da matilha a ir-se. Quando isso acontecer,os meus dias também estarão para breve. E ele garantiu.-me que, como já não pertence às almas colectivas dos gatos, pois criou uma individualizada, suponho que estará num processo evolutivo diferente e por isso terá afirmado que me acompanhará quando desencarnarmos ambos.
A foto foi tirada hoje de manhã e não está grande coisa, mas eu queria apenas homenageá-lo no seu aniversário.
Lembro-me que na sua juventude caiu-me de um 3º andar. Fiquei assustado, levei-o que me tranquilizou:nada partido e pronto para mais aventuras. Tal como eu é muito mais feliz no campo que na cidade.
Amo-te, Preto e sei o muito que me ajudaste e ajudas a reciclar energias negativas, sobretudo quando vinha de estar em grupos numerosos. E continua a fazê-lo.
Muitos ron-rons para ti e admiro-te pela tua paciência, sociabilização com as pessoas que aparecem, o quanto gostas de estar no meu colo e, por isso mesmo, e ao mesmo tempo seres muito independente.
Quando o meu cão, o Tibério, há 14 anos, chegou pela primeira vez a casa, vindo de um abandono violento eles criaram uma amizade eterna: dormiam juntos, aconchegados. Hoje dorme na minha cama, bem encostado a mim e sempre que me mexo, ele, simplesmente ajeita-se.
Esta é a minha homenagem para ti, e como o tempo é veloz e inexorável, sei de consciência tranquila, que a nossa tarefa neste planeta está a terminar,
Amo-te, Preto e muitos parabéns.


..

Não coloques as palavras de gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior

23 de Setembro de 2014 · 0 comentários


Comemorando o 4º ano de publicação deste artigo em 2010,

Efectuei pequenas correcções ao texto,
actualizando-o nos tempos verbais,
pois como estou já estou reformado, só fazia sentido mencionar a 
minha antiga actividade profissional, como sendo a minha ex-actividade.

AVISO: ESTE TEXTO FOI ESCRITO EM PORTUGUÊS TRADICIONAL.

Na minha qualidade de ex-editor de livros esotéricos era frequente receber telefonemas, quer de clientes para comprarem livros, quer de potenciais autores que pretendiam publicar os seus manuscritos.

Portanto, era frequente [continua a ser] eu ouvir expressões como esta: 'é do Bem', 'só quero livros do Bem', 'o meu livro é do Bem', etc. Também estou habituado a ler na internet expressões similares. Ninguém se assume do 'Mal'. Os terapeutas e gurus menos que ninguém, e os que não sendo uma coisa ou outra, mas escrevem livros desta área, também.

Mas também ninguém se mostra compreensivo com o espectro oposto do 'Bem'. Estamos todos tão 'iluminadozinhos' que nem nos apercebemos que o nosso ego (o espiritual) já está formatado para estas questões. 'Eu sou terapeuta do Bem'. 'Faço terapias do Bem'. Haveria muito a dizer sobre isto. E não seriam coisas simpáticas. Fica para uma próxima inspiração.

É um número avultado de pessoas a fazerem afirmações similares. Na qualidade de estudante de astrologia, também já assisti muitas vezes a equívocos destes. Eu próprio, recordo-me de ter caído na armadilha, mais do que uma vez. Tive que passar pela dores intensas de Plutão para viver na carne estas questões. E, mesmo assim... meto-me em cada 'calinada'.

Outro grupo de pessoas, cada vez mais numeroso, incluindo terapeutas e guruzinhos  fazem afirmações opostas: 'Isto é do Mal'. 'São obsessores'. 'São espíritos malignos'. 'É bruxaria do Mal'. Aqui, faria um longo, muito longo etc. e teria muito que dizer, mas acredito que eles nem se dão conta do que dizem. Têm muito que crescer ainda, enquanto terapeutas. Graças a Deus! O caso é que cobram para dizerem disparates.

Não pensem que o espectro negativo [o 'Mal'] desaparece só porque lêem muitas canalizações e emails bonitinhos. Se estas leituras não forem acompanhadas com verdadeiros pensamentos positivos, sem julgamentos, de aceitação, de propósito superior, de ausência de vaidade e arrogância, se se amarem, aí, sim, iniciarão um caminho estreito que os conduzirá à Luz. Também ando à procura desses caminhos há muitos, muitos anos. Já passei por todas as correntes espiritualistas que possam imaginar. Tenho idade para isso, não é? Continuemos...

É aqui que fica o primeiro aviso: não coloques as palavras de gurus, curadores,  terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior.

Assim se criou uma egrégora de fuga ao 'Mal' e uma aproximação ao 'Bem'. Até aqui, nada a dizer, se isto fosse feito em consciência própria de modo a assumirmos que todos temos o nosso lado 'Sombra'. Semi-cerrando os olhos e vendo um vasto horizonte, percebe-se que mesmo os terapeutas, que já têm o ego espiritual super controlado, caiem no equívoco de 'julgarem', de 'não aceitarem' a realidade deste planeta e da humanidade que cá vive. Portanto, não curam, quando o seu verdadeiro propósito deveria ser curar. Lamento dizer isto.


É frequente esquecermo-nos que a nossa Sombra ('Mal') existe e está ao lado da nossa Luz ('Bem'). Não assumirmos isto, é praticarmos uma espiritualidade lindinha. É fugirmos de nós mesmos, desta nossa reencarnação, em um planeta de polaridades opostas, para fazermos a nossa aprendizagem. Somos um planeta da dualidade. E vivemos nele, por enquanto.

Neste sentido, a nível de terceira dimensão, é correcto dizermos que existe um espectro electromagnético que contém, um campo positivo e outro negativo. Isto, aprendemos na escola, não tem nada de espiritualidade misteriosa.

Temos que aceitar o seguinte: este tema do 'Bem' e do 'Mal' é muito complexo e está eivado de enormes preconceitos. O 'Mal' está conotado com as energias negativas, à bruxaria, às incorporações de entidades não luminosas, às mezinhas e rezas, aos exorcismos, às possessões, demónios, diabo, anjos do mal, inferno, etc.

A certa altura da Era de Carneiro/Áries - uns 3.000 a 3.500 anos atrás -, por questões de controlo e comando, a ideia do 'Mal' começou a instalar-se na psique colectiva da humanidade de então, que tem trazido até hoje essa questão. Estamos a falar de 'dominar através do medo do desconhecido'. Assim, surgiram as normas do Antigo Testamento, facilmente reentradas no Novo Testamento, com as igrejas dominantes a forçarem a nota do 'pecado', coisa do 'Mal'.

Portanto, estas questões estão profundamente instaladas nas nossas formas-pensamento. O que são formas-pensamento? Em síntese, são blocos energéticos invisíveis, criados pelos nossos próprios pensamentos. Se penso ou me metem na cabeça que tenho um obsessor, ele vai aparecer. Se me convenço ou me fazem convencer que estou a ser atacado pelo 'Mal', garanto-vos que esse espectro vai por-se em andamento e consumir-me. Por medo meu.

E aquilo que pensamos serem forças do 'Mal' não passam de energia eléctrica produzida por nós e atraída até nós, por nós mesmos. Falando num português mais corrente: se pensas que estás possuído pelo demónio, ele vem, pois esteve sempre em ti e, na realidade é a tua própria Sombra, que faz parte de ti.



Se o teu terapeuta fomenta isso e faz disso um 'grande caso', e te diz que as entidades estão a dar cabo de ti, duvida que assim seja. Faz por amar-te muito e afasta-te dessa energia perigosa.  Aceita ajuda desinteressada. Se, pelo contrário, o teu terapeuta ou guru estiver atento a alguma possível disfunção da tua aura (teu campo protector electromagnético - ver figura acima) e se propuser a ajudar a restaurar essa energia, então acredita nele.

Eu sei que te coloquei uma dúvida na tua cabeça, que é esta: «e como sei que o meu terapeuta está a cuidar mim ou a alarmar-me?». A resposta é simples: escuta a tua voz interior, que nunca se engana. Já te tinha avisado, mais acima.

O que diferencia o 'Mal' do 'Bem' é que este faz sentires-te bem e cómodo contigo mesmo. Como são espectros opostos, provocam sensações também opostas. As energias negativas proporcionam sensações bem diferentes das energias positivas. E tu, ainda bem que preferes estar na energia positiva, o lado mais luminoso da vida. Mas em resumo, estas energias não são nem demoníacas (negativas), nem celestiais (positivas).  São apenas 'campos eléctricos' da terceira dimensão. Simplesmente fazem parte de ti. Se os teus pensamentos recorrentes forem positivos, serão sempre encaminhados para a forma-pensamento positiva. São aquilo que chamas de 'campos electromagnéticos'. Informa-te mais sobre estes assuntos e foge dos anúncios (em papel ou na net) daqueles que afirmam que te tiram o 'Mal'

Não gastes o teu dinheiro neste tipo de consultas. Aprende a fazer meditação, aprende tudo sobre aura, mantém-na energeticamente limpa e cuida dos teus próprios pensamentos. Não atraias raios e coriscos para ti próprio.
Estejam tranquilos pois não vou desenvolver sobre os principais agentes provocadores destas situações: dos exorcismos das igrejas; de certas práticas espíritas muito dominadoras; do ambiente pesado em certos terreiros; de certos consultórios cheios de santinhos ou de mestres ascencionados; nem na necessidade de fazerem rituais por tudo em por nada, sem terem consciência de que atraem para essa prática. No contínuo chamamento de entidades desencarnadas, o que não é bom, pois ao fazermos chamamentos, atraímos  tudo. As entidades mais luminosas e as outras, que ainda estão em fase evolutiva a caminho da Luz. E, ninguém pode garantir nada. Nada de nada. Espero que assim, ninguém se zangue.

Podes aprender muito com os outros [gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos], e isso deve ressoar em ti… Mas o conhecimento mais profundo deve sempre vir de dentro de ti mesmo.

Aquilo que chamas de “Mal” não existe verdadeiramente acima dos níveis da dualidade, que tem um projecto importante, um propósito verdadeiro neste contexto. É causa e efeito, e estes são os grandes professores da nossa vida tridimensional. Aqui, entraríamos num longo debate, que não é o caso deste artigo. Conheces isto da causa e efeito por outro nome: Karma ou efeitos cármico e, já agora, o lado oposto, o Dharma.

Procura informar-te mais sobre «aura», pois é aí que reside  a tua defesa psíquica. Do ponto de vista mais elevado, sabe-se que não há possessões, mas sim campos áuricos desalinhados, que são invadidos pela energia de polaridade negativa. Quanto maior for o desalinho da tua aura e dos teus chacras, mais vai parecer um possessão demoníaca ou de entidades. Não existe isso, mas a tua psique sabe imitar muito bem estas situações. Existem, sim, realidades mentais e tridimensionais que conduzem a que se «veja» isso. Como campos electromagnéticos que são, movimentam-se a velocidades impressionantes, podendo afectar o estado físico de uma pessoa e o resto é feito pela nossa psique, pois sabe-se que ainda não está totalmente estudada e descodificada, por muito que desagrade aos psicólogos.

Tem cuidado com as curas inadequadas, abusivas, pois o que provocam é maior dano no teu campo áurico. Os verdadeiros terapeutas deveriam ensinar estas cosias aos seus clientes, sem os enganar com frases que metem medo, partindo logo para possessões demoníacas, obsessores e entidades sugadoras. Os terapeutas deveriam saber cuidar das pessoas. Há terapeutas talentosos que o fazem. Conheço alguns, mas também conheço outros, muito famosos, que nada fazem e só metem medo aos seus clientes. Tudo a troco de dinheiro.


«Nós próprios distorcemos as nossas auras com intenções auto-induzidas, como medo, auto-negação, auto-depreciação, ciúme, depressão, ansiedade, raiva e qualquer tipo de projecção negativa que cause curto-circuito no campo áurico, rompendo-o e abrindo-o para o escoamento de energia.» - In Arcanjo Metatron, canalizado por James Tyberonn, em Novembro de 201o, aqui.

Terminando com um exemplo extremo:

Qual é a nossa aprendizagem mais dura e que até pode ser considerada uma terapia? Uma terapia extrema, mas, em todo o caso, terapia. Pensamentos de raiva, ódio, vingança. Porque através da causa e efeito, a própria infelicidade que trazem à criatura é tão violenta, que in extremis, buscará uma solução para sair dessa forma duríssima de viver. É uma aprendizagem e uma terapia. Não recomendo, mas é.

É aqui que repito o aviso: não coloques as palavras de gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior.



Tenho consciência que haverá pessoas que não vão aceitar este artigo. Paciência.


UPDATE

Por focar um tema similar a este artigo, recomendo a leitura do post «11/11/2012», publicado pela minha amiga Astrid Annabelle, no seu belo blogue «Navegante do Infinito».


.

Lua Nova em Setembro

22 de Setembro de 2014 · 0 comentários




«ASTROLOGANDO»- Dia 24 Setembro, dá-se a Lua Cheia de Setembro, mas em Balança / Libra. Ocorrerá às 7h13:32.

Sempre tive a preocupação de indicar qual a hora do evento no Brasil, mas descobri que os imensos colegas que se dedicam a estes temas, não estão nem aí com os horários em Portugal. Resolvi fazer o mesmo. Quem quiser qiue faça as contas.

A Lua Cheia, que significa INÍCIOS, ocorrerá no grau 1º 08' de Balança. O que é muito interessante.

Não é habitual em em mim dedicar-me às Luas Novas e Cheias, pois são temas tão rechdados de palavrões pseuso-espirituais e eu pretendo manter-me afastado disso.  Já repararam que por tudo e por nada é nestas ocasiões das fases da Lua que se abrem portais e mais portais...? Por isso, afastei-me.

Mas neste caso fique ligado! Começou a semana da Lua Nova. Uma boa fase para dar a partida em novos projectos e colocar suas ideias em prática.

A 23 setembro de 2014 marca o Equinócio de Outono quando Noite e Dia são relativamente iguais ['equinócio' significa-egual noite '] e eixo da Terra começa a mudar sabe-se que os dias ficam mais curtos no hemisfério norte e mais longos no hemisfério sul.

A despedir-se dum Verão estranho, hoje, dia 22 Setembro, houve inesperados temporais que vieram trazer ambientes gélidos a muitos de nós.

O equinócio é o momento do ano em que o Sol se move em Balança / Libra e este ano o evento acontece em 23 de setembro de modo muito, muito em breve, esta noite mesmo. Isto um dia depois é seguido por movimento da Lua em Libra e antes de sabermos que o Sol e a Lua estão aproximando-se juntos e temos um gloriosa Lua Nova em Libras.

Vénus rege as regras de Balança / Libra e também e o açúcar de frutose em todas as frutas e bagas.

Durante a parte Balança / Libra do fruto final do outono é colhida.

Normalmente, este estágio na comida de açúcares das suas plantas tenham se desenvolvido totalmente, mesmo em culturas como cebolas e batatas.

As plantas estão maduras e suculentas. Prontas a serem colhidas. Isto no Hemisfério Norte, porque no Hemisfério Sul, o que se desenvolve ó o culto do corpo.

Agora que já falei de assuntos mais frívolos e mundanos, vamos àquilo que interessa mais em termos mais esotéricos: 

O ponto de grau para esta Lua Nova é MUITO importante, pois está em conjunção num ponto cardeal, apenas 1 grau a partir do início de um signo cardinal. À medida que novas luas acontecerem, eu acho que esse vai irá funcionar como uma série de testes a ter em conta. Não podemos dissociar do trígono entre Júpiter e Úrano, que na escrevi para o site da CNA. 

A Lua Nova em Balança/ Libra, obviamente, devemos destacar as questões de relacionamento e em especial a a formação de parcerias. Também pode haver ramificações para os já existentes, como você pode estar procurando a justiça, a igualdade ou a justiça por si mesmo em relação a outra pessoa. Qualquer relacionamento que tem problemas pode ser empurrado para a borda por esta nova lua, mas há uma chance para um novo começo, se você permitir que isso aconteça. A necessidade aqui para acertar as coisas e ir literalmente para ele e, ao fazer isso você pode encorajar acções têm até agora que tem sido realizado fora ou adiada.

O outro grande tema desta Lua Nova é Plutão. No dia anterior à Lua Nova, Plutão recomeça o seu movimento directo directo no grau 11 de Capricórnio. Plutão esteve retrógrado desde meados de Abril e durante esse tempo terá tido a oportunidade de quebrar alguma estrutura nas nossas vidas a partir do interior, em preparação para um novo começo. 



.

Parabéns a tod@s os balancinhas e librianos:

21 de Setembro de 2014 · 0 comentários


«Astrologando» -Parabéns a tod@s os balancinhas e librianos:

No próximo dia 23 Setembro 2014, às 3h28:49 TMG, hora de Lisboa e Londres, o Sol ingressa no muito amado signo Balança /Libra. É signo cardinal.

Signo para a alma - Balança / Libra:

Os homens e mulheres de Balança / Libra:

Palavras -chaves de Balança / Libra:

Níveis evolutivos de Balança / Libra:

Ascendente Balança / Libra:

Casa VII ou Descendente:

Planeta Vénus, regente de Balança / Libra:
Características Gerais:
Vénus quando está nos restantes signos:
Vénus quando está nas Casas:
Vénus retrógrada nos signos - uma visão cármica:
Marte retrógrado nas casas - uma visão cármica




.


«Júpiter e Urano, no céu, distribuem muitas bênçãos a esta humanidade tão necessitada» por António Rosa no site da CNA - Central Nacional de Astrologia

18 de Setembro de 2014 · 0 comentários



«Astrologando» - «Júpiter e Urano, no céu, distribuem muitas benção a esta humanidade tão necessitada» por António Rosa no site da CNA - Central Nacional de Astrologia


Tenho que explicar uma coisa simples: como todos os estudantes de astrologia sabem passámos uns meses muito tensos, pois primeiro foi a formação de uma quadratura no céu, entre Úrano em Carneiro / Áries e Plutão em Capricórnio. Uma configuração tensa que hoje o mundo ouve falar. NADA É COMO DANTES. NEM NADA SERÁ OU FICARÁ COMO DANTES. Pensem bem, leiam as notícias, estejam atentos à vossa volta, depois digam algo...

Depois disso, e a partir dessa quadratura formou-se aquilo que foi o grande frenesim de Abril 2014: a conhecida GRANDE CRUZ CARDINAL, que envolveram os planetas acima mencionados, mais Júpiter e Marte. Foi um desassossego tremendo pois em vez de olharmos para as coisas de modo positivo, a tendência do ser humano é ver pessimismo em tudo. 

E toda essa tensão acumulada tinha que ter experimentar uma vazão. É exactamente esta que o meu artigo trata:

- O abençoado trígono no céu entre Júpiter em Leão  e Úrano
em Carneiro / Áries, seguido de
- Um Grande Trígono de Fogo, quando Marte se juntar à festa, em Sagitário.

Meses mais tarde será um festim de FOGO, pois com o ingresso de Saturno em Sagitário, formar-se-á uma GRANDE TRÍADE DE FOGO (inventei esta expressão porque não sabia como chamar a isto tudo). Será muito fogo junto.

Fico-me por aqui. Convido-vos a lerem o meu artigo no site da CNA.

Só daqui por umas 4 ou 5 semanas é que publicarei no meu blogue «Cova do Urso», pois estou devidamente autorizado pela CNA para o fazer. 


Antes de terminar, tenho que fazer uma breve e merecida dedicatória.

Dedico este texto à «CNA – Central Nacional de Astrologia», na pessoa da sua Presidente, Vanessa Guazzelli Paim [ http://www.facebook.com/vanessa.guazzellipaim ] e do magnífico astrólogo Leonardo Lemos [ http://www.facebook.com/leonardo.lemos.963 ], Coordenador do Núcleo Social da Central Nacional de Astrologia, que tiveram a amabilidade de me convidarem a participar no seu site com este tema. Dedico também à Gilseane Stefani [ http://www.facebook.com/gilstefani ] coordenadora do núcleo digital da CNA, que teve imenso trabalho na passagem deste texto que estava no meu blogue-teste, para o site da CNA. A Página da CNA no Facebook é aqui: http://www.facebook.com/cnastrologia

Beijos & abraços,

António Rosa
18-Setembro-2014


.

Marte em Sagitário

15 de Setembro de 2014 · 0 comentários



«Astrologando» - Marte ingressou em Sagitário no dia 14 Setembro

Fica aqui um texto que serve tanto para o posicionamento natal, como adaptando-o serve para o trânsito.

Marte no signo de Sagitário revela fortes convicções religiosas e filosóficas. As pessoas com esta posição são cruzados pelas causas que abraçam. Algumas vezes, criam ressentimentos ao tentarem converter os outros às suas próprias crenças dogmáticas.

Como sabe, Júpiter que além de regente de Sagitário, onde agora está Marte, também fica em estado de exaltação quando em Caranguejo — que rege a terra natal — e sendo Júpiter o planeta regente de Sagitário, com frequência há um forte sentimento de patriotismo. Os nativos com  Marte em Sagitário gostam de pensar em si mesmos como leais defensores de Deus e da pátria. Gostam de paradas, desfiles militares e música marcial.

Essas pessoas são capazes de agir por motivos idealistas. De acordo com o nível da sua inteligência, procurarão melhorar a ordem social em que vivem. 0 líder escuteiro é um exemplo deste tipo de pessoa. Há um forte amor pelo desporto e jogos ao ar livre; as pessoas que gostam de caçar com frequência têm Marte em Carneiro ou Sagitário.

Essas pessoas gostam da aventura e na excitação de lugares distantes e de viagens. Procuram ser líderes no direito, na religião, na filosofia e na educação superior; mas geralmente seguirão linhas tradicionais, e podem ser agres­sivamente presunçosas a esse respeito.

0 desejo de aventura para a realização de metas de longo alcance pode fazer com que desperdicem sua energia e ignorem coisas que necessitam de atenção em seu ambiente imediato.

Se Marte estiver sob tensão em Sagitário, pode haver tendência a um discurso sarcástico, falta de diplomacia na manifestação de opiniões, incapacidade para considerar as opiniões dos outros, petulância e o desejo de liberdade irrestrita, a todo custo.

Em alguns casos, os nativos tendem a identificar com instituições que tenham adquirido poder, o que pode levar à atitude petulante de que “o poder é certo”. Quando levada ao extremo, essa tendência se manifesta em fanatismo político, filosófico ou religioso, que destrói a justiça.

No lado positivo, estas pessoas são directas e abertas em suas atitudes e acções. Possuem senso de justiça nos desportos e outras competições.

Lutarão ferozmente, porém geralmente consideram as tácticas desleais indignas da sua dignidade. Contudo, tendem a interpretar as regras do jogo em seu próprio benefício.

«Conversas com animais» por Marta Sofia Guerreiro

26 de Agosto de 2014 · 0 comentários



«Conversas com Animais» por MARTA SOFIA GUERREIRO
Ano da Edição / Impressão / 2014
Número Páginas / 176
ISBN / 9789892325446
Editora / LUA DE PAPEL - € 10,98

Lembra-se do dia em que recebeu o seu animal de estimação? Talvez se recorde vagamente, mas ele certamente lembra-se desse momento mágico. Foi então que ele decidiu dedicar-lhe a vida, cuidar das suas angústias, medos e alegrias. E muitas vezes, quando o levou à pressa ao veterinário, provavelmente não sabia que na verdade o seu cão (ou gato) estava a atrair para ele próprio as suas doenças, para que você se curasse ou se mantivesse bem.Nem todas as pessoas têm essa percepção.

Mas Marta Sofia Guerreiro sabe-o bem. Licenciada com distinção, foi médica e cirurgiã veterinária durante vários anos. Até que certo dia descobriu ter um poder maior, diferente, extraordinário: conseguia comunicar com os animais, perceber o que lhes ia na alma. De repente, aqueles sintomas estranhos, como uma queda súbita de pêlo ou o nascimento de um tumor, já não eram apenas uma questão clínica. Marta percebia agora que o diagnóstico ganhava outra dimensão, mais profunda, e reflectia problemas com o seu dono, ou até desavenças em casa...

«Conversas com Animais» é um livro corajoso, revelador, de uma médica veterinária que ouve a voz dos animais, e que através deles descobriu o significado do verdadeiro amor. E é também um livro sobre si, porque ao aprender mais sobre o seu fiel amigo – características, necessidades, problemas de saúde – vai autoconhecer-se e receber dele ensinamentos valiosos, que lhe mudarão a vida para sempre. E vai confirmar o que já suspeita há muito: você cuida do seu animal, mas ele vai mais longe, e é capaz de dar a vida por si.

Marta Sofia Guerreiro é licenciada em Medicina Veterinária, actividade que exerceu durante 7 anos, dedicando-se em especial à cirurgia. Nos últimos anos ingressou numa extensa formação em áreas psicoterapêuticas e de autoconhecimento humano e assumiu a mediunidade que tinha desde criança – e que hoje põe ao serviço nas suas consultas. Fundou os projectos AMA – Ammapet, Ama-Te e ABC (Ama Baby & Child) - onde a sua grande paixão é dar voz a quem não comunica. No presente momento encontra-se totalmente dedicada aos seus projectos, à investigação e escrita. Disponibiliza consultas, palestras, workshops, a nível nacional e internacional.

Sua página no Facebook:
https://www.facebook.com/pages/Marta-Sofia-Guerreiro/405561332883729

Seu site:
http://www.martasofiaguerreiro.com/


.

27 de Setembro de 2014

Astrologicamente



Astróloga, graduada no prestigiado Master's Course for Professional Astrologers de Noel Tyl, utiliza a Astrologia como ferramenta ao serviço do homem. Nomeadamente nas áreas Comportamental e Vocacional. O horóscopo, como um fantástico espelho reflector das ansiedades visíveis e invisíveis. Um mapa indicativo de potencialidades individuais, o conhecimento destas torna possível uma escolha mais consciente.

VALE A PENA LER ESTE FANTÁSTICO ARTIGO.

AQUI:


http://anaastrologicamente.blogspot.pt/2014/09/no-presente.html


.

26 de Setembro de 2014

Preto, amigo e companheiro, parabéns pelos teus 18 anos.



Parabéns, Preto, meu amigo e companheiro, que cumpre hoje 18 anos, uma idade avançada para os gatos.
Chegámos a ser uma matilha de 5, com mais um cão e outros 2 gatos, o Preto e eu, mas a vida reduziu-nos a apenas nós os dois.
Apesar dos seus 18 anos [126 na idade humana], movimenta-se muito bem, alimenta-se, tem os seus longos momentos de estar ao Sol, tem que estar nos meus braços, aconchegado, sentados num cadeirão em que falamos um bocado e que a certa altura há um pequeno ritual, pois digo-lhe e ele fica muito feliz porque faz muitos ron-rons:«Preto, amo-te muito, muito, muito e... tu a mim, também. Muito obrigado.»
Há vários anos que sei que ele seria o penúltimo da matilha a ir-se. Quando isso acontecer,os meus dias também estarão para breve. E ele garantiu.-me que, como já não pertence às almas colectivas dos gatos, pois criou uma individualizada, suponho que estará num processo evolutivo diferente e por isso terá afirmado que me acompanhará quando desencarnarmos ambos.
A foto foi tirada hoje de manhã e não está grande coisa, mas eu queria apenas homenageá-lo no seu aniversário.
Lembro-me que na sua juventude caiu-me de um 3º andar. Fiquei assustado, levei-o que me tranquilizou:nada partido e pronto para mais aventuras. Tal como eu é muito mais feliz no campo que na cidade.
Amo-te, Preto e sei o muito que me ajudaste e ajudas a reciclar energias negativas, sobretudo quando vinha de estar em grupos numerosos. E continua a fazê-lo.
Muitos ron-rons para ti e admiro-te pela tua paciência, sociabilização com as pessoas que aparecem, o quanto gostas de estar no meu colo e, por isso mesmo, e ao mesmo tempo seres muito independente.
Quando o meu cão, o Tibério, há 14 anos, chegou pela primeira vez a casa, vindo de um abandono violento eles criaram uma amizade eterna: dormiam juntos, aconchegados. Hoje dorme na minha cama, bem encostado a mim e sempre que me mexo, ele, simplesmente ajeita-se.
Esta é a minha homenagem para ti, e como o tempo é veloz e inexorável, sei de consciência tranquila, que a nossa tarefa neste planeta está a terminar,
Amo-te, Preto e muitos parabéns.


..

23 de Setembro de 2014

Não coloques as palavras de gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior


Comemorando o 4º ano de publicação deste artigo em 2010,

Efectuei pequenas correcções ao texto,
actualizando-o nos tempos verbais,
pois como estou já estou reformado, só fazia sentido mencionar a 
minha antiga actividade profissional, como sendo a minha ex-actividade.

AVISO: ESTE TEXTO FOI ESCRITO EM PORTUGUÊS TRADICIONAL.

Na minha qualidade de ex-editor de livros esotéricos era frequente receber telefonemas, quer de clientes para comprarem livros, quer de potenciais autores que pretendiam publicar os seus manuscritos.

Portanto, era frequente [continua a ser] eu ouvir expressões como esta: 'é do Bem', 'só quero livros do Bem', 'o meu livro é do Bem', etc. Também estou habituado a ler na internet expressões similares. Ninguém se assume do 'Mal'. Os terapeutas e gurus menos que ninguém, e os que não sendo uma coisa ou outra, mas escrevem livros desta área, também.

Mas também ninguém se mostra compreensivo com o espectro oposto do 'Bem'. Estamos todos tão 'iluminadozinhos' que nem nos apercebemos que o nosso ego (o espiritual) já está formatado para estas questões. 'Eu sou terapeuta do Bem'. 'Faço terapias do Bem'. Haveria muito a dizer sobre isto. E não seriam coisas simpáticas. Fica para uma próxima inspiração.

É um número avultado de pessoas a fazerem afirmações similares. Na qualidade de estudante de astrologia, também já assisti muitas vezes a equívocos destes. Eu próprio, recordo-me de ter caído na armadilha, mais do que uma vez. Tive que passar pela dores intensas de Plutão para viver na carne estas questões. E, mesmo assim... meto-me em cada 'calinada'.

Outro grupo de pessoas, cada vez mais numeroso, incluindo terapeutas e guruzinhos  fazem afirmações opostas: 'Isto é do Mal'. 'São obsessores'. 'São espíritos malignos'. 'É bruxaria do Mal'. Aqui, faria um longo, muito longo etc. e teria muito que dizer, mas acredito que eles nem se dão conta do que dizem. Têm muito que crescer ainda, enquanto terapeutas. Graças a Deus! O caso é que cobram para dizerem disparates.

Não pensem que o espectro negativo [o 'Mal'] desaparece só porque lêem muitas canalizações e emails bonitinhos. Se estas leituras não forem acompanhadas com verdadeiros pensamentos positivos, sem julgamentos, de aceitação, de propósito superior, de ausência de vaidade e arrogância, se se amarem, aí, sim, iniciarão um caminho estreito que os conduzirá à Luz. Também ando à procura desses caminhos há muitos, muitos anos. Já passei por todas as correntes espiritualistas que possam imaginar. Tenho idade para isso, não é? Continuemos...

É aqui que fica o primeiro aviso: não coloques as palavras de gurus, curadores,  terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior.

Assim se criou uma egrégora de fuga ao 'Mal' e uma aproximação ao 'Bem'. Até aqui, nada a dizer, se isto fosse feito em consciência própria de modo a assumirmos que todos temos o nosso lado 'Sombra'. Semi-cerrando os olhos e vendo um vasto horizonte, percebe-se que mesmo os terapeutas, que já têm o ego espiritual super controlado, caiem no equívoco de 'julgarem', de 'não aceitarem' a realidade deste planeta e da humanidade que cá vive. Portanto, não curam, quando o seu verdadeiro propósito deveria ser curar. Lamento dizer isto.


É frequente esquecermo-nos que a nossa Sombra ('Mal') existe e está ao lado da nossa Luz ('Bem'). Não assumirmos isto, é praticarmos uma espiritualidade lindinha. É fugirmos de nós mesmos, desta nossa reencarnação, em um planeta de polaridades opostas, para fazermos a nossa aprendizagem. Somos um planeta da dualidade. E vivemos nele, por enquanto.

Neste sentido, a nível de terceira dimensão, é correcto dizermos que existe um espectro electromagnético que contém, um campo positivo e outro negativo. Isto, aprendemos na escola, não tem nada de espiritualidade misteriosa.

Temos que aceitar o seguinte: este tema do 'Bem' e do 'Mal' é muito complexo e está eivado de enormes preconceitos. O 'Mal' está conotado com as energias negativas, à bruxaria, às incorporações de entidades não luminosas, às mezinhas e rezas, aos exorcismos, às possessões, demónios, diabo, anjos do mal, inferno, etc.

A certa altura da Era de Carneiro/Áries - uns 3.000 a 3.500 anos atrás -, por questões de controlo e comando, a ideia do 'Mal' começou a instalar-se na psique colectiva da humanidade de então, que tem trazido até hoje essa questão. Estamos a falar de 'dominar através do medo do desconhecido'. Assim, surgiram as normas do Antigo Testamento, facilmente reentradas no Novo Testamento, com as igrejas dominantes a forçarem a nota do 'pecado', coisa do 'Mal'.

Portanto, estas questões estão profundamente instaladas nas nossas formas-pensamento. O que são formas-pensamento? Em síntese, são blocos energéticos invisíveis, criados pelos nossos próprios pensamentos. Se penso ou me metem na cabeça que tenho um obsessor, ele vai aparecer. Se me convenço ou me fazem convencer que estou a ser atacado pelo 'Mal', garanto-vos que esse espectro vai por-se em andamento e consumir-me. Por medo meu.

E aquilo que pensamos serem forças do 'Mal' não passam de energia eléctrica produzida por nós e atraída até nós, por nós mesmos. Falando num português mais corrente: se pensas que estás possuído pelo demónio, ele vem, pois esteve sempre em ti e, na realidade é a tua própria Sombra, que faz parte de ti.



Se o teu terapeuta fomenta isso e faz disso um 'grande caso', e te diz que as entidades estão a dar cabo de ti, duvida que assim seja. Faz por amar-te muito e afasta-te dessa energia perigosa.  Aceita ajuda desinteressada. Se, pelo contrário, o teu terapeuta ou guru estiver atento a alguma possível disfunção da tua aura (teu campo protector electromagnético - ver figura acima) e se propuser a ajudar a restaurar essa energia, então acredita nele.

Eu sei que te coloquei uma dúvida na tua cabeça, que é esta: «e como sei que o meu terapeuta está a cuidar mim ou a alarmar-me?». A resposta é simples: escuta a tua voz interior, que nunca se engana. Já te tinha avisado, mais acima.

O que diferencia o 'Mal' do 'Bem' é que este faz sentires-te bem e cómodo contigo mesmo. Como são espectros opostos, provocam sensações também opostas. As energias negativas proporcionam sensações bem diferentes das energias positivas. E tu, ainda bem que preferes estar na energia positiva, o lado mais luminoso da vida. Mas em resumo, estas energias não são nem demoníacas (negativas), nem celestiais (positivas).  São apenas 'campos eléctricos' da terceira dimensão. Simplesmente fazem parte de ti. Se os teus pensamentos recorrentes forem positivos, serão sempre encaminhados para a forma-pensamento positiva. São aquilo que chamas de 'campos electromagnéticos'. Informa-te mais sobre estes assuntos e foge dos anúncios (em papel ou na net) daqueles que afirmam que te tiram o 'Mal'

Não gastes o teu dinheiro neste tipo de consultas. Aprende a fazer meditação, aprende tudo sobre aura, mantém-na energeticamente limpa e cuida dos teus próprios pensamentos. Não atraias raios e coriscos para ti próprio.
Estejam tranquilos pois não vou desenvolver sobre os principais agentes provocadores destas situações: dos exorcismos das igrejas; de certas práticas espíritas muito dominadoras; do ambiente pesado em certos terreiros; de certos consultórios cheios de santinhos ou de mestres ascencionados; nem na necessidade de fazerem rituais por tudo em por nada, sem terem consciência de que atraem para essa prática. No contínuo chamamento de entidades desencarnadas, o que não é bom, pois ao fazermos chamamentos, atraímos  tudo. As entidades mais luminosas e as outras, que ainda estão em fase evolutiva a caminho da Luz. E, ninguém pode garantir nada. Nada de nada. Espero que assim, ninguém se zangue.

Podes aprender muito com os outros [gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos], e isso deve ressoar em ti… Mas o conhecimento mais profundo deve sempre vir de dentro de ti mesmo.

Aquilo que chamas de “Mal” não existe verdadeiramente acima dos níveis da dualidade, que tem um projecto importante, um propósito verdadeiro neste contexto. É causa e efeito, e estes são os grandes professores da nossa vida tridimensional. Aqui, entraríamos num longo debate, que não é o caso deste artigo. Conheces isto da causa e efeito por outro nome: Karma ou efeitos cármico e, já agora, o lado oposto, o Dharma.

Procura informar-te mais sobre «aura», pois é aí que reside  a tua defesa psíquica. Do ponto de vista mais elevado, sabe-se que não há possessões, mas sim campos áuricos desalinhados, que são invadidos pela energia de polaridade negativa. Quanto maior for o desalinho da tua aura e dos teus chacras, mais vai parecer um possessão demoníaca ou de entidades. Não existe isso, mas a tua psique sabe imitar muito bem estas situações. Existem, sim, realidades mentais e tridimensionais que conduzem a que se «veja» isso. Como campos electromagnéticos que são, movimentam-se a velocidades impressionantes, podendo afectar o estado físico de uma pessoa e o resto é feito pela nossa psique, pois sabe-se que ainda não está totalmente estudada e descodificada, por muito que desagrade aos psicólogos.

Tem cuidado com as curas inadequadas, abusivas, pois o que provocam é maior dano no teu campo áurico. Os verdadeiros terapeutas deveriam ensinar estas cosias aos seus clientes, sem os enganar com frases que metem medo, partindo logo para possessões demoníacas, obsessores e entidades sugadoras. Os terapeutas deveriam saber cuidar das pessoas. Há terapeutas talentosos que o fazem. Conheço alguns, mas também conheço outros, muito famosos, que nada fazem e só metem medo aos seus clientes. Tudo a troco de dinheiro.


«Nós próprios distorcemos as nossas auras com intenções auto-induzidas, como medo, auto-negação, auto-depreciação, ciúme, depressão, ansiedade, raiva e qualquer tipo de projecção negativa que cause curto-circuito no campo áurico, rompendo-o e abrindo-o para o escoamento de energia.» - In Arcanjo Metatron, canalizado por James Tyberonn, em Novembro de 201o, aqui.

Terminando com um exemplo extremo:

Qual é a nossa aprendizagem mais dura e que até pode ser considerada uma terapia? Uma terapia extrema, mas, em todo o caso, terapia. Pensamentos de raiva, ódio, vingança. Porque através da causa e efeito, a própria infelicidade que trazem à criatura é tão violenta, que in extremis, buscará uma solução para sair dessa forma duríssima de viver. É uma aprendizagem e uma terapia. Não recomendo, mas é.

É aqui que repito o aviso: não coloques as palavras de gurus, curadores, terapeutas, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da tua voz interior.



Tenho consciência que haverá pessoas que não vão aceitar este artigo. Paciência.


UPDATE

Por focar um tema similar a este artigo, recomendo a leitura do post «11/11/2012», publicado pela minha amiga Astrid Annabelle, no seu belo blogue «Navegante do Infinito».


.

22 de Setembro de 2014

Lua Nova em Setembro




«ASTROLOGANDO»- Dia 24 Setembro, dá-se a Lua Cheia de Setembro, mas em Balança / Libra. Ocorrerá às 7h13:32.

Sempre tive a preocupação de indicar qual a hora do evento no Brasil, mas descobri que os imensos colegas que se dedicam a estes temas, não estão nem aí com os horários em Portugal. Resolvi fazer o mesmo. Quem quiser qiue faça as contas.

A Lua Cheia, que significa INÍCIOS, ocorrerá no grau 1º 08' de Balança. O que é muito interessante.

Não é habitual em em mim dedicar-me às Luas Novas e Cheias, pois são temas tão rechdados de palavrões pseuso-espirituais e eu pretendo manter-me afastado disso.  Já repararam que por tudo e por nada é nestas ocasiões das fases da Lua que se abrem portais e mais portais...? Por isso, afastei-me.

Mas neste caso fique ligado! Começou a semana da Lua Nova. Uma boa fase para dar a partida em novos projectos e colocar suas ideias em prática.

A 23 setembro de 2014 marca o Equinócio de Outono quando Noite e Dia são relativamente iguais ['equinócio' significa-egual noite '] e eixo da Terra começa a mudar sabe-se que os dias ficam mais curtos no hemisfério norte e mais longos no hemisfério sul.

A despedir-se dum Verão estranho, hoje, dia 22 Setembro, houve inesperados temporais que vieram trazer ambientes gélidos a muitos de nós.

O equinócio é o momento do ano em que o Sol se move em Balança / Libra e este ano o evento acontece em 23 de setembro de modo muito, muito em breve, esta noite mesmo. Isto um dia depois é seguido por movimento da Lua em Libra e antes de sabermos que o Sol e a Lua estão aproximando-se juntos e temos um gloriosa Lua Nova em Libras.

Vénus rege as regras de Balança / Libra e também e o açúcar de frutose em todas as frutas e bagas.

Durante a parte Balança / Libra do fruto final do outono é colhida.

Normalmente, este estágio na comida de açúcares das suas plantas tenham se desenvolvido totalmente, mesmo em culturas como cebolas e batatas.

As plantas estão maduras e suculentas. Prontas a serem colhidas. Isto no Hemisfério Norte, porque no Hemisfério Sul, o que se desenvolve ó o culto do corpo.

Agora que já falei de assuntos mais frívolos e mundanos, vamos àquilo que interessa mais em termos mais esotéricos: 

O ponto de grau para esta Lua Nova é MUITO importante, pois está em conjunção num ponto cardeal, apenas 1 grau a partir do início de um signo cardinal. À medida que novas luas acontecerem, eu acho que esse vai irá funcionar como uma série de testes a ter em conta. Não podemos dissociar do trígono entre Júpiter e Úrano, que na escrevi para o site da CNA. 

A Lua Nova em Balança/ Libra, obviamente, devemos destacar as questões de relacionamento e em especial a a formação de parcerias. Também pode haver ramificações para os já existentes, como você pode estar procurando a justiça, a igualdade ou a justiça por si mesmo em relação a outra pessoa. Qualquer relacionamento que tem problemas pode ser empurrado para a borda por esta nova lua, mas há uma chance para um novo começo, se você permitir que isso aconteça. A necessidade aqui para acertar as coisas e ir literalmente para ele e, ao fazer isso você pode encorajar acções têm até agora que tem sido realizado fora ou adiada.

O outro grande tema desta Lua Nova é Plutão. No dia anterior à Lua Nova, Plutão recomeça o seu movimento directo directo no grau 11 de Capricórnio. Plutão esteve retrógrado desde meados de Abril e durante esse tempo terá tido a oportunidade de quebrar alguma estrutura nas nossas vidas a partir do interior, em preparação para um novo começo. 



.

21 de Setembro de 2014

Parabéns a tod@s os balancinhas e librianos:


«Astrologando» -Parabéns a tod@s os balancinhas e librianos:

No próximo dia 23 Setembro 2014, às 3h28:49 TMG, hora de Lisboa e Londres, o Sol ingressa no muito amado signo Balança /Libra. É signo cardinal.

Signo para a alma - Balança / Libra:

Os homens e mulheres de Balança / Libra:

Palavras -chaves de Balança / Libra:

Níveis evolutivos de Balança / Libra:

Ascendente Balança / Libra:

Casa VII ou Descendente:

Planeta Vénus, regente de Balança / Libra:
Características Gerais:
Vénus quando está nos restantes signos:
Vénus quando está nas Casas:
Vénus retrógrada nos signos - uma visão cármica:
Marte retrógrado nas casas - uma visão cármica




.


18 de Setembro de 2014

«Júpiter e Urano, no céu, distribuem muitas bênçãos a esta humanidade tão necessitada» por António Rosa no site da CNA - Central Nacional de Astrologia



«Astrologando» - «Júpiter e Urano, no céu, distribuem muitas benção a esta humanidade tão necessitada» por António Rosa no site da CNA - Central Nacional de Astrologia


Tenho que explicar uma coisa simples: como todos os estudantes de astrologia sabem passámos uns meses muito tensos, pois primeiro foi a formação de uma quadratura no céu, entre Úrano em Carneiro / Áries e Plutão em Capricórnio. Uma configuração tensa que hoje o mundo ouve falar. NADA É COMO DANTES. NEM NADA SERÁ OU FICARÁ COMO DANTES. Pensem bem, leiam as notícias, estejam atentos à vossa volta, depois digam algo...

Depois disso, e a partir dessa quadratura formou-se aquilo que foi o grande frenesim de Abril 2014: a conhecida GRANDE CRUZ CARDINAL, que envolveram os planetas acima mencionados, mais Júpiter e Marte. Foi um desassossego tremendo pois em vez de olharmos para as coisas de modo positivo, a tendência do ser humano é ver pessimismo em tudo. 

E toda essa tensão acumulada tinha que ter experimentar uma vazão. É exactamente esta que o meu artigo trata:

- O abençoado trígono no céu entre Júpiter em Leão  e Úrano
em Carneiro / Áries, seguido de
- Um Grande Trígono de Fogo, quando Marte se juntar à festa, em Sagitário.

Meses mais tarde será um festim de FOGO, pois com o ingresso de Saturno em Sagitário, formar-se-á uma GRANDE TRÍADE DE FOGO (inventei esta expressão porque não sabia como chamar a isto tudo). Será muito fogo junto.

Fico-me por aqui. Convido-vos a lerem o meu artigo no site da CNA.

Só daqui por umas 4 ou 5 semanas é que publicarei no meu blogue «Cova do Urso», pois estou devidamente autorizado pela CNA para o fazer. 


Antes de terminar, tenho que fazer uma breve e merecida dedicatória.

Dedico este texto à «CNA – Central Nacional de Astrologia», na pessoa da sua Presidente, Vanessa Guazzelli Paim [ http://www.facebook.com/vanessa.guazzellipaim ] e do magnífico astrólogo Leonardo Lemos [ http://www.facebook.com/leonardo.lemos.963 ], Coordenador do Núcleo Social da Central Nacional de Astrologia, que tiveram a amabilidade de me convidarem a participar no seu site com este tema. Dedico também à Gilseane Stefani [ http://www.facebook.com/gilstefani ] coordenadora do núcleo digital da CNA, que teve imenso trabalho na passagem deste texto que estava no meu blogue-teste, para o site da CNA. A Página da CNA no Facebook é aqui: http://www.facebook.com/cnastrologia

Beijos & abraços,

António Rosa
18-Setembro-2014


.

15 de Setembro de 2014

Marte em Sagitário



«Astrologando» - Marte ingressou em Sagitário no dia 14 Setembro

Fica aqui um texto que serve tanto para o posicionamento natal, como adaptando-o serve para o trânsito.

Marte no signo de Sagitário revela fortes convicções religiosas e filosóficas. As pessoas com esta posição são cruzados pelas causas que abraçam. Algumas vezes, criam ressentimentos ao tentarem converter os outros às suas próprias crenças dogmáticas.

Como sabe, Júpiter que além de regente de Sagitário, onde agora está Marte, também fica em estado de exaltação quando em Caranguejo — que rege a terra natal — e sendo Júpiter o planeta regente de Sagitário, com frequência há um forte sentimento de patriotismo. Os nativos com  Marte em Sagitário gostam de pensar em si mesmos como leais defensores de Deus e da pátria. Gostam de paradas, desfiles militares e música marcial.

Essas pessoas são capazes de agir por motivos idealistas. De acordo com o nível da sua inteligência, procurarão melhorar a ordem social em que vivem. 0 líder escuteiro é um exemplo deste tipo de pessoa. Há um forte amor pelo desporto e jogos ao ar livre; as pessoas que gostam de caçar com frequência têm Marte em Carneiro ou Sagitário.

Essas pessoas gostam da aventura e na excitação de lugares distantes e de viagens. Procuram ser líderes no direito, na religião, na filosofia e na educação superior; mas geralmente seguirão linhas tradicionais, e podem ser agres­sivamente presunçosas a esse respeito.

0 desejo de aventura para a realização de metas de longo alcance pode fazer com que desperdicem sua energia e ignorem coisas que necessitam de atenção em seu ambiente imediato.

Se Marte estiver sob tensão em Sagitário, pode haver tendência a um discurso sarcástico, falta de diplomacia na manifestação de opiniões, incapacidade para considerar as opiniões dos outros, petulância e o desejo de liberdade irrestrita, a todo custo.

Em alguns casos, os nativos tendem a identificar com instituições que tenham adquirido poder, o que pode levar à atitude petulante de que “o poder é certo”. Quando levada ao extremo, essa tendência se manifesta em fanatismo político, filosófico ou religioso, que destrói a justiça.

No lado positivo, estas pessoas são directas e abertas em suas atitudes e acções. Possuem senso de justiça nos desportos e outras competições.

Lutarão ferozmente, porém geralmente consideram as tácticas desleais indignas da sua dignidade. Contudo, tendem a interpretar as regras do jogo em seu próprio benefício.

26 de Agosto de 2014

«Conversas com animais» por Marta Sofia Guerreiro



«Conversas com Animais» por MARTA SOFIA GUERREIRO
Ano da Edição / Impressão / 2014
Número Páginas / 176
ISBN / 9789892325446
Editora / LUA DE PAPEL - € 10,98

Lembra-se do dia em que recebeu o seu animal de estimação? Talvez se recorde vagamente, mas ele certamente lembra-se desse momento mágico. Foi então que ele decidiu dedicar-lhe a vida, cuidar das suas angústias, medos e alegrias. E muitas vezes, quando o levou à pressa ao veterinário, provavelmente não sabia que na verdade o seu cão (ou gato) estava a atrair para ele próprio as suas doenças, para que você se curasse ou se mantivesse bem.Nem todas as pessoas têm essa percepção.

Mas Marta Sofia Guerreiro sabe-o bem. Licenciada com distinção, foi médica e cirurgiã veterinária durante vários anos. Até que certo dia descobriu ter um poder maior, diferente, extraordinário: conseguia comunicar com os animais, perceber o que lhes ia na alma. De repente, aqueles sintomas estranhos, como uma queda súbita de pêlo ou o nascimento de um tumor, já não eram apenas uma questão clínica. Marta percebia agora que o diagnóstico ganhava outra dimensão, mais profunda, e reflectia problemas com o seu dono, ou até desavenças em casa...

«Conversas com Animais» é um livro corajoso, revelador, de uma médica veterinária que ouve a voz dos animais, e que através deles descobriu o significado do verdadeiro amor. E é também um livro sobre si, porque ao aprender mais sobre o seu fiel amigo – características, necessidades, problemas de saúde – vai autoconhecer-se e receber dele ensinamentos valiosos, que lhe mudarão a vida para sempre. E vai confirmar o que já suspeita há muito: você cuida do seu animal, mas ele vai mais longe, e é capaz de dar a vida por si.

Marta Sofia Guerreiro é licenciada em Medicina Veterinária, actividade que exerceu durante 7 anos, dedicando-se em especial à cirurgia. Nos últimos anos ingressou numa extensa formação em áreas psicoterapêuticas e de autoconhecimento humano e assumiu a mediunidade que tinha desde criança – e que hoje põe ao serviço nas suas consultas. Fundou os projectos AMA – Ammapet, Ama-Te e ABC (Ama Baby & Child) - onde a sua grande paixão é dar voz a quem não comunica. No presente momento encontra-se totalmente dedicada aos seus projectos, à investigação e escrita. Disponibiliza consultas, palestras, workshops, a nível nacional e internacional.

Sua página no Facebook:
https://www.facebook.com/pages/Marta-Sofia-Guerreiro/405561332883729

Seu site:
http://www.martasofiaguerreiro.com/


.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogues

Ilha de Moçambique

Loading...

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates